domingo, 31 de maio de 2009

Marilyn Manson -Discografia e Biografia

http://dmanson.zip.net/images/MarilynManson.jpg

Marilyn Manson é uma banda com 5 componentes que foi criada em Fort Lauderdale, sul da Flórida em 1989, quando um jornalista com um desgosto particular pela sociedade americana e um livrinho cheio de poemas e anotações curiosas se juntou a também estranho talentoso guitarrista com vontade de fazer algo novo. Os dois vinham de experiências frustrantes em jornais e bandas locais. Seus gostos eram parecidos e eles uniram forças. A 1ª decisão do escritor foi mudar seu nome. Após algum tempo de pesquisa ele inventou algo que resumia perfeitamente o que ele queria para aquele projeto. O novo nome era emprestado de 2 grandes estrelas dos anos 60: a glamourosa Marilyn Monroe e o obscuro Charles Manson: Marilyn Manson. O guitarrista seguiu o exemplo e usou da mesma fórmula dos opostos criando Daisy Berkowitz. Esta fórmula seria usada até 1996. Em 1990 o nome da banda era Marilyn Manson And The Spooky Kids e sua formação era: Manson nos vocais, Berkowitz na guitarra e na programação bateria, Olivia Newton-Bundy no baixo e Zsa Zsa Speck no teclado. Bundy e Speck foram substituídos após dois shows por Gidget Gein e Madonna Wayne Gacy. O 1º lançamento do grupo foi o cassete Meat Beat Cleaver Beat Big Black Bus. Nesta gravação, somente Manson e Berkowitz participaram, apesar Gein e Gacy já estarem na banda. Enquanto Manson cantava, o versátil Berkowitz fazia o resto: guitarra, baixo, teclado e programação de bateria. Um dos seus primeiros shows iria influenciar seriamente o futuro da banda: eles abriram para o Nine Inch Nails. O NiN não era conhecido na época e Trent Reznor (líder da banda) ainda não era influente nem tinha seu próprio selo, mas a amizade entre ele e Manson durou por muitos anos. Para manter contato após o show, eles trocavam fitas e se correspondiam. O Spooky Kids desapareceu do nome da banda assim que Manson reparou no promoção que poderia fazer para sua banda com seu nome. A promoção da banda estava sendo muito trabalhada na época, pois aqui começaram a ser vendidos camisetas e adesivos. A influência de Manson no meio jornalístico local também ajudou muito para que algumas músicas do cassete chegassem às rádios. E não era somente Manson que se preocupava com a imagem da banda. Na mesma época o show da banda começou a ser mais teatral, algumas surpresas eram feitas a cada show, e o visual de cada integrante estava começando a chocar algumas pessoas que iam para o show. As surpresas podiam ser cubos de letras que escreviam "Matem Deus" ou "Diversão Anal", sanduíches de pasta de amendoim sendo jogados na platéia, garotas enjauladas e algumas vezes a banda punha fogo em seus instrumentos. Gacy (que já era chamado de Pogo nesta época) ficava numa cabine chamada Pogo´s Playhouse, onde além de tocar teclado ele brincava com bonecos. Berkowitz usava uma peruca loira e uma saia. Tudo era válido para chamar a
http://991.com/newGallery/Marilyn-Manson-Lunch-Box-432653.jpg
atenção. A bateria eletrônica foi substituída em 1991 por Sara Lee Lucas. O evento foi comemorado com um jornalzinho, cheio de fotos de desenhos antigos, como Scooby-Doo. As colaborações de Lucas para a banda eram , segundo o jornal, assados e percussão. A mudança fez o som da banda melhorar tanto que eles foram indicados para o Slammies (prêmio para bandas da Flórida) em 1992 nas categorias melhor banda alternativa e melhor banda do ano. Outro evento que ajudou na promoção da banda foi o Miami Rocks, um show somente com bandas da Flórida. Uma fita foi gravada no evento e vendida no resto do país, e não somente na Flórida como acontecia com os outos cassetes da banda. Tanta exposição na cena local fez com que a banda se popularizasse entre adolescentes. Vendo o potencial de seus novos fãs, a banda tornou o jornalzinho regular e foi criada uma linha direta entre fãs e a banda. Em uma entrevista, Manso disse que se preocupava com o que falava, já que isso iria influenciar seus fãs. Ele começou a ser chamado de Papai pelos fãs.

Materia dedicada a minha querida amiga Denise...
e a todos os fans pelo mundo...

Antes y después de Marilyn Manson

Os cassetes foram feitos até 1992. O último foi The Family Jam´s, que continha algumas músicas que também estariam presentes no 1º CD da banda, Portrait Of An American Family, como Cake And Sodomy, My Monkey, Cyclops, Dope Hat, Lunchboz e Dogma (que se chamava Strange Same Dogma). Todas as fitas eram produzidas por Berkowitz e o projeto gráfico era de Manson. Elas eram vendidas apenas em shows da banda e hoje são consideradas raridades. Um exemplo é a fita Refrigerator, que tinha uma tiragem de apenas 100 cópias.

Em 1992 a banda mudou de nome (o Spooky Kids foi cortado), o que causou um pouco de confusão com o nome do vocalista. No final, ele seria chamado apenas de Mr. Manson.

No Slammies de 1993 a banda já estava mais conhecida e teve muito mais indicações: Melhor Banda, Melhor Banda Alternativa, Melhor Gravação Local (The Family Jam´s), Música do Ano (Dope Hat) e até Melhor Vocalista. Eles ganharam a melhor música e a melhor banda.

1993 foi com certeza um dos melhores anos para a banda. Além de ganharem os prêmios já mencionados, eles foram contratados pelo recém criado selo de Trent Reznor, o Nothing Records. O selo também declarou apoio à turnê do álbum, a Self-Destruct 94. Eles forampara o Criteria Studios e começaram a gravação de Portrait Of An American Family (POAAF).
http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/e/e0/Marilyn_Manson_f9005967.jpg/800px-Marilyn_Manson_f9005967.jpg
As gravações não começaram muito bem. Reznor estava preparando seu lendário álbum The Downward Spiral, e indicou o produtor Roli Mossiman para trabalhar com a banda. O produtor iria tornar o som da banda mais pesado, o que não aconteceu. A banda ficou insatisfeita com o resultado. Reznor também não gostou e assumiu a produção do álbum. Eles passaram 7 semanas mixando o álbum no L. A.´s Record Plant. O crédito de Reznor em POAAF é somente de produtor executivo. O álbum foi lançado em janeiro de 1994.

Porém em dezembro de 1993 Gein já não fazia mais parte da banda. Segundo Manson, Gein se tornou um viviado e " se preocupava mais em se drogar do que em tocar baixo com a banda". Twiggy Ramirez entrou na banda após este episódio.

O encarte do álbum teve duas fotos cortadas. Uma delas mostrava Manson ainda criança pelado. A promoção da banda tinha de ser agora nacional e já não era tão fácil. O 1º single, Get Your Gunn, foi boicotado em diversas rádios e a MTV só passava o clip em horários como uma madrugada de 2ª para 3ª. Ao contrário do resto do país, a Flórida recebeu o álbum muito bem e a banda ganhou mais um Slammie por Melhor Banda. Manson desta vez ganhou o prêmio de Melhor Vocalista.
http://www.pegacifras.com.br/imagens/galeria_artistas/grande/marilyn-manson_489.jpg
Depois de abrir alguns show para o NiN em Maio e Junho de 1994, a banda começou a Self-Destruct 94. O NiN ainda fechava os shows da banda aqui. A turnê foi de 29/08 até 11/12. Esta série de shows tornou eles conhecidos no país inteiro. Os palcos continuavam a chamar a atenção, com mulheres enjauladas, etc...

O que mais promoveu a turnê não foram os show, nem o palco, mas sim as confusões causadas. O show de Salt Lake City é um dos melhores exemplos. Esta cidade é conhecida pelo seu conservadorismo. Uma equipe foi enviada pra ver o show da banda em Las Vegas, alguns dias antes. Para tocar na cidade, Manson teria de atender diversos requisitos, como não dizer nada entre as músicas, altarar as letras, não adortar o tradicional palco, nem vender camisas ou qualquer outro tipo de artigo promocional durante o show.

A banda concordou com os termos. Porém duarante o show do Nin, Manson foi convidado por Reznor a entrar no palco. Ele trouxe uma bíblia mórmom (religião dominante na cidade) e começou a rasga-la página por página dizendo "ele (Deus) me ama, ele não me ama, foda-se ele!".

Em outubro, Manson conseguiu se encontrar com Anton LAVey, criador da Church of Satan (CoS). Duran

http://escoladorock.files.wordpress.com/2008/06/manson.jpg

A turnê tinha acabado, mas não os problemas. Ao voltar para uma série de show na Flórida, Marilyn Manson (banda) era conhecido como problema por onde ia. Num show em Jacksonville, Manson foi preso por "violação do código de entretenimento adulto", ou seja, nudez pública.

O 2º single de POAAF, Lunchbox já tinha sido lançado e banda partiu para uma curta turnê no início de 1995. Desta vez eles fechavam os shows. A abertura ficou por conta de Monster Voodoo Machine. Durante esta turnê masi um elemento da mitologia da banda foi criada: a galinha.

Num acidente em janeiro, a banda quebrou uma jaula com uma galinha, que foi ferida quando caiu na pista. Alguns jornais disseram que a galinha foi sacrificada, apesar da galinha não ter sido morta. No último show da turnê, em março, a banda teria de cumprir a tradição. Eles jogaram ovos, tomates, farinha e vinagre no Monsters Voodoo Magnet no meio do show. Porém, o troco deles foi muito pior do que a salada grega que o Marilyn Manson tinha jogado. Eles deixaram o palco cheio de pedaços de galinha, forçando o Marilyn Manson a tocar num palco lotado escorregadio e mal cheiroso. O show foi um desastre, mas Gacy fez alguns samples de improvosação com Kill The Chicken. Muitos shows da banda ainda tem um coro de fãs gritando isso.

Na noite anterior a este show também aconteceu algo que marcaria a história da banda. Manson e o baterista Sara Lee Lucas já estavam brigando por algum tempo (em alguns show, Manson jogou garrafas em Lucas e ele jogou as baquetas em Manson) e Manson estava frustrado pois alguns elementos do show tinham sido proibidos na região onde eles iam tocar. Naquele show, Manson iria (como sempre) incendiar sua lancheria. O problema é que ele também incendiou a bateria, e Lucas ainda estava atrás dela. Suas saídas estavam bloqueadas, mas ele conseguiu escapar. Lucas saiu sem ferimentos, ele só perdeu um pouco de cabelo no fogo. Lucas obviamente saiu da banda. Manson disse que o motivo da saída foram os atrasos de Lucas.

Após 7 meses de turnê, a banda parou por 2 semanas para escolher um novo baterista. O escolhido foi Ginger Fish. A banda conheceu Fish durante o show em Las Vegas. Ele está na banda até hoje.

Outra turnê começou. Agora Marilyn Manson tocava entre o KoRn e o Danzig. Os shows começaram em março e acabaram em maio de 1995. Pra variar, houve uma tensão entre o Danzig (que fechava os shows) e o Marilyn Manson. Para tentar fracassar com o show do Danzig, a banda fazia shows pesados e muito rápidos, já que após 3 ou 4 músicas o palco já estava quase destruído. Com estas apresentações, os fãs da banda aumentavam rapidamente. Outro personagem muito conhecido na história da banda surgiu aqui: Tony Wiggins, que remixou muitas músicas da banda em Smells Like Children e Remix & Repent. As relaçaões entre Marilyn Manson e Danzig só melhoraram pois o vocalista do Danzid salvou a vida de Manson, Pogo e um rodie quando eles era atacados no backstage.


No Slammies de 1995 a banda foi indicada para Melhor Banda, Melhor Vocalista, Melhor Lançamento Nacional (POAAF) e Melhor Single (Lunchbox). Apesar de ganhar os prêmios por POAAF e Lunchbox, eles não estavam lá para recebe-los. Eles estavam filmando outro clip em New Orleans.

Os fãs esperavam que o novo single, Dope Hat, saisse em Junho ou Julho daquele ano, mas a banda parou para descansar depois da gravação do clip para esta música. O descanso serviria também para que a banda gravasse as músicas Lado B do single. As músicas gravadas foram tantas que não foi lançado um single, mas um EP com 15 faixas chamado Smells Like Children (SLC). Este mini álbum estreiou no nº 53 na parada da Bilboard. POAAF já era disco de ouro. Mais uma vez o clip de Dope Hat foi tocado pela MTV apenas em horários onde a audiência é quase nula.

Quando SLC foi lançado, Marilyn Manson já estava se tornando uma banda famosa. Apesar de não ser muito tocada nas rádios nem na MTV, a banda estava aparecendo em diversas revistas importantes, como a Circus e a Metal Edge. Daisy conseguiu até uma entrevista na Guitar World. Vendo a possibilidade de crescimento da banda, o departamento promocional da Nothing Records deu a seguinte nota para a imprenssa: "Vejam eles agora antes que ele sejam presos, mortos, ou a melhor banda dos USA".

A Smells Like Children Tour começou. Agora quem abria os shows da banda era o Clutch. A turnê foi de setembro de 1995 até fevereiro de 1996. O tempo durante os shows era tão ruim que a turnê passou a ser chamada de Snow Tour. Manson estava tão doente que ele precisava de um tanque de oxigênio no backstage para se recuperar depois de cada show.

O episódio mais conhecido da Snow Tour aconteceu em Janeiro. Após tocar na Philadelphia, a banda iria de avião para Washigtonm D.C. O aeroporto estava interditado, e a banda teve de ir de carro. A viagem duraria 3 horas, mas a neve atrapalhou e eles ficaram na estrada por 8 horas. Ao chegar ao hotel, a banda teve uma suspresa. O time de basquete do Orlando Magic e o Vila Sésamo estavam se hospedando lá também. Um dos jogadores o Orlando disse que o hotel parecia uma convenção de aliens.

No início de 1996 já começaram a ser feitas especulações sobre o novo álbum da banda, Antichrist Superstar (ACS). Ele era considerado a "trilha sonora do apocalipse" pelos próprios membros da banda. Segundo Manson e Twiggy, o álbum mostraria o futuro, o fim da banda, o fim do mundo. A gravação aconteceu no estúdio de Trent Reznor em New Orleans. Muitos diziam que este seria o último álbnum da banda e que após usa conclusão eles se suicidariam.

Em abril a saída de Daisy Berkowitz tornou-se oficial. Ele não estava satisfeito com o novo som da banda. Problemas estavam acontecendo entre ele e Marilyn desde a turnê com o Clutch, quando Manson jogou Berkowitz para fora do palco. No entanto, ninguém sabia que o problema era tão grave.

te a visita, Manson recebeu o título de Reverendo. Segundo Manson, a visita a LaVey foi importante, já que ele inspirou muitas músicas da banda (My Monkey é uma adaptação de uma música de LaVey).

http://br.geocities.com/thevalleydeath/fotomamanson.jpg
Com a saída de Berkowitz, a banda teria de achar outro guitarrista para os shows (Twiggy gravou as guitarras do álbum). O substituto foi Zim Zum, o 1º membro da banda a não ter seu nome oficialmente tirado do nome de estrelas e assassinos. Zim Zum vem do Kabbalah, um sistema místico judeu. A imprenssa se referia a Zimmy como o "anjo que fez o trabalho sujo de Deus". O termo do Kabbalah que deu origem a seu nome é tzimtzum ou tsimtsum, que se refere ao espaço vazio que deus deixou no universo para a criação. Alguns acham que Zim Zum refere-seao espaço vazio preenchido após a saída de Daisy. A 1º aparição de Zimmy aconteceu no clip de The Beautiful People.

Mais uma vez a banda apareceu em diversas revistas, só que agora a reportagem não era pequena e sem fotos, agora a banda aparecia na capa e em reportagens gigantes, cheias de fotos. Algumas revistas mais importantes também atenção para a banda, como a Rolling Stone e a Kerrang.

O 1º show de Zimmy foi num festival somente com bandas da Nothing. O show acabou com guitarras quebradas e a hospitalização de Ginger. No fim so show, quando Trent Reznor agradeceu à presença de todas as bandas, ele não mencionou Marilyn Manson.

Começava a maior turnê da banda, a Dead To The World Tour, que duraria 18 meses e incluiria show na Europa e na América do Sul (lugares onde Manson nunca tinha tocado).

O palco era algo impressionante. Ele sugeria uma igreja quebrada, com um vitral no fundo que sugeria a briga entre satã e um anjo. Gacy teria tubos de orgãos na Pogo´s Playhouse e Manson teria um palanque.

A turnê teve diversas problemas, não somente nos shows, mas o álbum enfrentou dezenas de problemas legais. Mesmo assim, ACS vendeu 1,500,000 cópias somente nos USA, o triplo de POAAF. Seguiram-se mais 2 singles: Tourniquet e Man That You Fear.

Com o fim da Dead To The World Tour a banda entrou em estúdio para a gravação de um novo álbum. Manson lançou um livro sobre a história de sua vida chamado Long Hard Road Out Of Hell. Também foi lançado o vídeo sobre a Dead To The World Tour.

No começo de 1997 começaram os rumores sobre o novo álbum da banda. Alguns diziam que ele se chamaia The Suffering Servant e que seria mais obscuro que ACS. Após diversos meses de espera, foi divulgado em agosto que o álbum se chamaria Mechanical Animals e seria lançado no dia no dia 15/09. Começaram a aparecer novas fotos da banda com um visual renovado. Muitos fãs já começavam a reclamar. Com o lançamento da Golden Years, cover de David Bowie, as críticas dos fãs começaram a aumentar. Uma nova geração de fãs começou a surgir.

Nessa época também foi anunciada a saída de Zim Zum. Existem duas explicações para isso: o próprio Zimmy diz que saiu da banda por vontade própria, pois não queria mais ficar na sombra. Já Manson disse que ele foi expluso pois não se lembrava mais das músicas de ACS, o que a banda achou ofensivo.

Para substituir Zim Zum foi escolhido John 5. Não se sabe a origem do seu nome. Seu verdadeiro nome é John Lowery e ele já tocou com David Lee Roth.

O lançamento de álbum foi um sucesso comercial. Ele estreiou no 1º lugar da parada da Billboard e muitas pessoas acham que o Marilyn Manson é a solução para a crise que o rock está vivendo hoje.




Biografias

* Manson, Marilyn (1998). The Long Hard Road Out Of Hell
* Reighley, Kurt B (1998).Marilyn Manson: a biography
* Badailey, Gavin (1999). Dissecting Marilyn Manson
* Manson,Marilyn (1999-2000). Holy Wood
* Manson, Marilyn (2004). Marilyn Manson talking

Discografia

* Portrait of an American Family (1994)
* Smells Like Children (1995)
* Antichrist Superstar (1996)
* Remix and Repent (1997)
* Mechanical Animals (1998)
* The Last Tour On Earth (Live) (1999)
* Holy Wood (In the Shadow of the Valley of Death) (2000)
* The Golden Age of Grotesque (2003)
* Lest We Forget (The Best Of) (2004)
* Eat Me, Drink Me (2007)





Filmografia

* Lost Highway (1997), actuação
* Spawn (1997), trilha sonora
* Nowhere (1997), trilha sonora
* Private Parts (1997), trilha sonora
* Dee Snider´s Strange Land (1998), trilha sonora
* Jawbreaker (1999), atuação
* The Matrix (1999), trilha sonora
* Detroit Rock City (1999), trilha sonora
* The House On Hauted Hill (1999), trilha Sonora
* Blair Witch 2: Book Of Shadows (2000), trilha sonora
* From Hell (2001), trilha sonora
* Not Another Teen Movie (2001), trilha sonora
* Resident Evil (2002), trilha sonora
* Queen Of The Damned (2002), trailer sonoro
* Bowling for Columbine (2002), convidado como participante
* Matrix Reloaded (2003), trilha sonora

Marilyn Manson - Discografia Incompleta




The Golden Age Of Grotesque (2003) - Esse naun precisa de senha...
senha: roulette

2006 - The Black Album
2007 - Eat Me, Drink Me ( esse naun precisa de senha )

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget